STICORP participa do Outubro Rosa e Novembro Azul
22 de outubro de 2015
O papel do novo marketing nas empresas
3 de novembro de 2015
Exibir tudo

Plantio de 40 mudas de árvores: é nosso jeito de contribuir

11 espécies de mudas nativas e frutíferas dão novo aspecto a praça pública no Octávio Rasi

A STICORP, em parceria com a Secretaria Municipal de Meio Ambiente (Semma) e Associação de Moradores do Núcleo Habitacional “Octávio Rasi” e com o apoio da Creche “Doce Recanto” e da Escola Estadual “Walter Barretto Melchert, promoveu uma ação de plantio de árvores em uma praça pública do bairro, na manhã desta sexta-feira (23). Cerca de 40 mudas, de 11 espécies frutíferas e nativas, foram disponibilizadas pelo Viveiro Municipal.

O trabalho integra a política de Responsabilidade Socioambiental da empresa bauruense, que também já colaborou com a proteção animal e prevê participação em campanha de doação de sangue.

De acordo com o engenheiro agrônomo Luiz Fernando Silva, da Semma, essa ação ambiental beneficia a comunidade local em vários aspectos, sobretudo no equilíbrio climático.

“O estímulo à arborização urbana oferece integração social e qualidade de vida aos moradores da região. Em tempos de umidade relativa do ar e pouco vento, a ‘transpiração’ das folhas da planta é maior e assim quem fica nas proximidades sente menos os efeitos do clima seco”, pontua.

Pensamento semelhante possui a diretora da creche “Doce Recanto”, Tereza Araújo Vilani.

“A natureza agradece esse tipo de trabalho e é muito importante a participação ativa das crianças que, por meio de gestos como o plantio e cultivo de árvores, se conscientizam e se sentem responsáveis pela comunidade, traçando um destino mais humano”, diz.

A criança Miguel Leite Gonçalves, 5 anos, plantou sua segunda árvore na praça e vai todos os dias ao local para aguar. “Meu pai me traz aqui todos os dias depois da escola (ele estuda na creche) com uma garrafa (pet) cheia e eu molho a outra plantinha”, diz ao lado da primeira muda que cultivou.

Alunos da Escola Walter Barretto Melchert

Intervalo educativo

A coordenadora pedagógica da EE “Walter Barretto Melchert”, professora Mônica Martins, ressaltou o engajamento dos adolescentes do 9º ano (antiga 8ª série) que trocaram intervalo com os amigos por um momento de educação ambiental prática.

“Eles se voluntariaram a vir fazer parte de um novo momento para a praça e para o bairro, além de aprender conteúdo ambiental na prática. Vieram 10 alunos e muitos outros queriam, mas por segurança precisamos fazer uma seleção”.

Crianças da creche Doce Recanto ajudaram a plantar as mudas

 

Associação de Moradores diz ser só o começo

Com a urbanização da praça, o presidente da Associação de Moradores do bairro e adjacências, Alessandro Martins Cândido Rosa, já planeja um futuro próximo.

“Agora a praça está linda, aconchegante e atraente. Agradecemos a todos os responsáveis por mudar essa paisagem e agora temos mais objetivos em cima disso, como a construção de um passeio por ela”, comenta.

Também integrante da Associação, o bombeiro Ronaldo Wilson Hernandes comemora. “Por muitos anos essa região ficou no esquecimento, sem muitas opções para as crianças. Agora podem dizer que há um cantinho no bairro que é delas, que elas contribuíram com as próprias mãos para que isso existisse”.

IMG_20151023_085838548

Moradora planta manga

A estudante Jamile Aparecida Rodrigues Moyseis, 27 anos, é primeira-secretária da Associação de Moradores do bairro e moradora em frente à praça. Ela aproveitou a oportunidade para plantar um pé de manga.

“Eu sempre quis ter uma árvore dessa em frente de casa, acho bonita e todo mundo vai ser beneficiado quando passar a produzir frutos”, diz.

As espécies

Segundo informações de equipe do Departamento de Zoobotânica da Semma, foram disponibilizadas pelo Viveiro Municipal 10 espécies:

  • Cabreúva
  • Jacarandá
  • Pitanga
  • Cereja do Norte
  • Ypê Amarelo
  • Quaresmeira
  • Arueira Pimenteira (falsa pimenta)
  • Araçu Goiaba
  • Cedro Rosa
  • Canelão

E claro, a manga da Jamile.

Identidade

A diretora da creche “Doce Recanto”, Tereza Araújo Vilani, estaria providenciando – ainda na sexta-feira – papeizinhos com o nome de cada criança que participou da ação de responsabilidade. “O nome delas ficará nas mudas por um tempo. É uma forma de já deixarem suas marcas”, conclui.

Diretor e co-fundador comenta a ação

O co-fundador e diretor da STICORP, Osvaldo Jorge, se mostrou satisfeito com os resultados. “É uma grande satisfação ter a oportunidade de colaborar com uma qualidade de vida mais digna para aqueles moradores e consequentemente contribuir com o meio ambiente, um tema muito sério e de reflexão necessária. Entendo que uma empresa não deve ser vista apenas por seus números, mas por todas suas ações fora do mercado”, fecha questão.

Flavia Gamonar, gerente de marketing da STICORP, Luiz Fernando Silva, engenheiro agrônomo da SEMMA, Thiago Vendrami da STICORP lessandro Martins Cândido Rosa, presidente da associação dos moradores e o bombeiro Ronaldo Wilson Hernandes.

Na foto, Flavia Gamonar (gerente de marketing STICORP), Luiz Fernando Silva (engenheiro agrônomo da Semma), Thiago Vendrami (jornalista STICORP), Alessandro Martins Cândido Rosa (presidente da Associação de Moradores do bairro e adjacências) e o bombeiro Ronaldo Wilson Hernandes.

Confira mais fotos no Flickr da STICORP em https://www.flickr.com/photos/sticorp/albums/72157660207253982 

 

 

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *